Como economizar em legendagem? - José Henrique Lamensdorf - translation - tradução

Busca/Search
Go to content

Main menu:

Como economizar em legendagem?

PORTUGUÊS > VÍDEO


COMO VOCÊ PODE ECONOMIZAR

NA LEGENDAGEM DE VÍDEO?


Não se iluda: tradução, dublagem e legendagem - se feitas com qualidade profissional - não são coisas baratas.


Há gente que me pede orçamento desses serviços porque gostou de um vídeo no YouTube, mas não entendeu nada. Acham que a profusão de DVDs piratas no mercado, com legendas amadoras, são um indício de que isso não deve ser algo caro nem difícil de se fazer. Esse serviço, se feito com qualidade profissional, tem um custo significativo.


Uma produtora ou distribuidora pulveriza esse custo entre um grande número de espectadores, então ninguém percebe. Para uma empresa que utiliza vídeos estrangeiros da matriz para promover seus produtos no Brasil, treinar funcionários e clientes, ou divulgar sua imagem, o custo é muito menor do que se fosse produzir os mesmos vídeos localmente para esse propósito. 


Contudo esse custo continua sendo inviável para uso estritamente pessoal.


De qualquer modo, na minha busca permanente por maneiras de meus clientes economizarem em custos, neste caso, clientes de vídeo empresarial, reuni aqui algumas estratégias que eles podem utilizar, sem prejuízo da qualidade.



1. O MÍNIMO DE 15 MINUTOS

Adotei como norma um mínimo de 15 minutos por pedido de legendagem e somente quando envolve queima das legendas, que aproveito para explicar aqui. Se não estiver familiarizado com as três etapas do processo de legendagem, leia esta página antes de prosseguir.


O vídeo digital existe em um grande número de tipos de arquivos, codecs, tamanhos, formatos e outras variáveis. Antes de queimar as legendas, preciso analisar esses parâmetros no vídeo que recebi do cliente, na maioria das vezes convertê-lo para um formato adequado para eu aplicar as legendas nele e gerar o vídeo legendado (isso se chama "renderizar"). Depois, terei (ou não) de convertê-lo para o formato e com os parâmetros que o cliente tiver solicitado.


Essas tarefas de análise, configuração e conversão preliminar, queima, e configuração e conversão final precisam ser feitas para qualquer vídeo, indiferentemente à sua duração. Às vezes são complexas, e podem levar algum tempo. Uma vez feitas, o restante é trabalho "mecânico" do computador, que ele pode executar sozinho. Se for um vídeo de um ou poucos minutos, isso será rápido. Se o vídeo tiver algumas horas de duração, posso deixar o computador fazendo à noite, de um dia para o outro.


Como o preço dos serviços de tradução e legendagem é cobrado por minuto de duração do vídeo, se um vídeo for muito curto, ele não cobrirá o custo desse trabalho indispensável. Por este motivo, estabeleço o mínimo de 15 minutos por pedido, para cobrir esse custo.


Cabe observar que a maioria dessas operações pode ser feita "em lote", ou seja, posso colocar vários vídeos numa sequência, para o computador processar um por um, ou até alguns simultaneamente, dependendo do programa que usar. Por isso o mínimo é pela soma das durações dos diversos vídeos num mesmo pedido.


Se quiser um modo rápido de saber a duração de vários vídeos, recomendo usar o programa PlayTime (grátis, somente para Windows). Basta abri-lo, arrastar e soltar os vídeos sobre ele.


Apenas como ilustração, certa vez recebi um DVD de dados com 4 vídeos. Todos os players que tenho exibiam sem problemas, porém eu não conseguia abri-los para queimar as legendas. Foi preciso pesquisar durante algumas horas para descobrir o que eram, e achar um conversor compatível. Na verdade, era um formato de vídeo digital que a Panasonic desenvolvera na década de 1990. Fabricaram cerca de mil aparelhos que gravavam nele, e o abandonaram. Todavia esse formato foi a base para muitos outros desenvolvidos posteriormente, e por isso nenhum player tinha dificuldade para reproduzi-lo!


DICA PARA ECONOMIZAR: Se tiver vídeos pequenos para legendar com queima, tente reunir alguns deles no mesmo pedido para somarem o mais perto de 15 minutos de duração total. Você terá mais vídeos legendados pelo mesmo custo.



2. QUE TAMANHO DE IMAGEM É EFETIVAMENTE NECESSÁRIO?

Há vários tamanhos de imagem de vídeo, medidos em pixels, que são pontos na tela.

Convém você saber que não adianta ampliar um vídeo pequeno. Se dobrar as dimensões do quadro de um vídeo, estará apenas transformando um ponto de uma certa cor num quadrado de 2x2 pontos dessa mesma cor. Contudo dá para reduzir... a menos que você pretenda projetá-lo numa tela enorme.

Para ver os tamanhos mais comuns de vídeo usados atualmente no seu monitor, clique em cada um dos exemplos abaixo:
Se algum deles exceder o tamanho da tela, para fechar basta teclar [Esc].

O que interessa saber aqui é que, somando tudo (tradução, marcação e queima), o preço total do serviço resultante da queima das legendas em formato maior aumenta da seguinte forma:
Se um vídeo legendado em formato FHD custasse 100 (apenas como referência), a queima faria o serviço completo de legendagem do mesmo vídeo em HD custar 85, e em SD 78.

Cabe observar que não cobro nada a mais para reduzir o tamanho do vídeo durante o processo de legendagem.

Evidentemente, o tamanho do arquivo cresce bastante ao se aumentar o tamanho do quadro, o que leva a considerações de espaço (em disco, em web site etc.), bem como o tempo de transferência e a demanda de largura de banda, se for transmitir via Internet.

DICA PARA ECONOMIZAR: Veja onde vai colocar o vídeo. Se ele for apenas um elemento de uma página web, não há motivo para usar formato maior do que isso.



3. VOCÊ PRECISA MESMO DA TRANSCRIÇÃO?

Alguns clientes pedem a transcrição do vídeo no idioma original além da tradução para a legendagem.

Se for legendar o vídeo em um único idioma, a transcrição é desnecessária. Um bom tradutor de legendas irá seguir o ritmo do vídeo, e traduzir diretamente, fazendo uma marcação específica para o idioma em que estiver traduzindo.

Se tiver o script, ele sempre ajuda, especialmente na grafia de nomes próprios. É Smith ou Schmidt? Como se escreve Wojechszlecki? Material de referência, inclusive URLs de sites na web, também ajuda.

Quando o tradutor não conta com o script, é recomendável o cliente revisar a tradução antes de queimar as legendas.

DICA PARA ECONOMIZAR: Se tiver o script, forneça-o ao tradutor. Se não tiver, e nem for precisar dele, não solicite a transcrição no idioma original.



4. É MESMO NECESSÁRIO QUEIMAR AS LEGENDAS NO VÍDEO?

O vídeo digital permite a geração e sobreposição das legendas durante a exibição em alguns casos. As letras podem não ficar tão bonitas, mas se for apenas para uma exibição restrita, isso pode ser viável.

No meu caso, a queima das legendas representa quase 25% do custo total, incluindo a tradução.

Se for para o YouTube e você tiver acesso à página do vídeo, pode carregar as legendas em formato SRT. Ocorre que o usuário (o espectador) não é automaticamente avisado quanto à disponibilidade das legendas, e precisa fazer a configuração sozinho para ativá-las.

Se você for exibir o vídeo a partir de um computador, existe a possibilidade de usar o VLC Media Player, que é gratuito. Se tiver os arquivos do vídeo (com qualquer sufixo compatível - mp4, wmv, avi etc.) e o arquivo de legendas em formato SRT ou SSA na mesma pasta, ele exibe o vídeo legendado. 

As legendas em arquivo SSA podem preservar o formato em que foram configuradas. As legendas em SRT não têm esses parâmetros, mas é possível configurar fonte, tamanho, cor etc. ao exibir o vídeo legendado no VLC.

DICA PARA ECONOMIZAR: Se tiver certeza de que o operador saberá ativá-las com a qualidade desejada, pode solicitar as legendas num arquivo compatível com o seu esquema de exibição, sem a queima.



5. VALE A PENA TRADUZIR E SUBSTITUIR LETREIROS, GRÁFICOS, TABELAS ETC. TAMBÉM?

Se forem títulos, do vídeo ou de partes dele, provavelmente.

Mas se esses textos aparecerem ao mesmo tempo em que se diz algo, cuja tradução aparecerá nas legendas, não. Considere que, por mais concisas que forem as legendas, o espectador irá passar a maior parte do tempo lendo-as. Talvez consiga ver rapidamente alguns títulos curtos. Contudo certamente não terá tempo de ver o texto em gráficos e tabelas, particularmente se estes forem animados (com movimento) de alguma forma.

A substituição desses textos encarece o processo inteiro por envolver edição de vídeo, e nem sempre resulta numa imagem visualmente atraente, pois é preciso cobrir o texto original que está lá. Isso pode exigir a aplicação de tarjas coloridas que, por mais discretas que sejam, não são visualmente agradáveis.

DICA PARA ECONOMIZAR: Só encomende a tradução e substituição de letreiros se isso for necessário.



Caso queira uma análise sem compromisso das alternativas para economizar na legendagem de vídeos, conte comigo! Entre em contato usando o botão de e-mail à esquerda.

 
 
Back to content | Back to main menu